o que não pode morrer nunca




por Clarissa Pínkola Ester 13/12/2018 Biblioteca o que não pode morrer nunca -  Clarissa Pínkola Ester

      “Era uma vez,  há  muito,  muito tempo,  na  época em que os bichos ainda falavam e  os  humanos ainda  conseguiam entender a língua dos animais, entender  a língua  dos, um pinheirinho  que,  embora  pequeno em estatura, era imenso em espírito.

Tags: contos, literatura, natal
Ler Mais